Associações convocam policiais e bombeiros para apresentar contraproposta feita pelo Governo para pagamento de salários

Postado em

Por Glaucia Paiva

dsc01308Após o Governo do Estado apresentar uma proposta, no mínimo, descabida aos servidores públicos do Estado do Rio Grande do Norte, mais uma vez a equipe econômica do Governo esteve reunida com as categorias de servidores públicos do Estado.

No entanto, as associações representativas de policiais e bombeiros militares se desvincilharam do Fórum dos Servidores durante essa terça e reuniu-se isoladamente com o Gabinete Civil do Estado para tentar uma proposta para os servidores da Segurança Pública.

Nesse sentido, durante todo o dia, as associações representativas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar estiveram reunidos com o Governo para tentar chegar a um acordo, informando a necessidade de priorizar o pagamento da Segurança Pública como vinha sendo feito na gestão anterior.

Com uma nova proposta apresentada, as associações representativas da PM e do CBM convocaram uma Assembleia Geral para esta quarta-feira (09), às 10 horas, no Clube Tiradentes, em Natal. De acordo com informações do Sargento Filgueira, Presidente da Associação dos Policiais Inativos e Pensionistas do Estado, o Governo teria feito a proposta de se pagar o salário integral referente ao mês de janeiro de 2019 no próximo dia 16, ficando os salários de dezembro de 2018 e o décimo de 2018 para a entrada de recursos extraordinários no decorrer do ano de 2019.

A nova proposta apresentada não soluciona os problemas dos salários atrasados e ainda cria um novo problema para os policiais e bombeiros do Estado, que terão seu salário de janeiro adiantado para pagar dívidas de dezembro e deixando de receber o salário no final do mês de janeiro que pagaria as dívidas de janeiro, criando uma verdadeira bola de neve nas contas dos policiais e bombeiros militares.

Fórum de Servidores apresentaram proposta paralela ao Governo

Em reunião separada dos militares estaduais, o Fórum dos Servidores, composto por diversas categorias do serviço público do Estado, incluindo a Polícia Civil e Agentes Penitenciários, decidiram por apresentar uma proposta ao Governo do Estado contemplando todas as categorias.

Pela proposta do Fórum, com os recursos disponíveis nos cofres do Estado já se pagaria imediatamente o restante do décimo referente a 2017 aos servidores aposentados e pensionistas que ainda não receberam, em um montante de R$ 40 milhões. Já no dia 14 de janeiro, seria concluído o pagamento dos salários relativos a novembro de 2018 para quem ganha mais de R$ 5 mil, uma vez que tais servidores receberam seu último salário quando do pagamento de outubro. Ainda no dia 14 de janeiro, iniciaria o pagamento do décimo de 2018 para os servidores que ganham até R$ 4 mil, ficando sua conclusão para o fim de janeiro com a entrada de recursos antecipatórios e ordinários.

Já em fevereiro, após concluído o décimo de 2018, seguiria a sequência temporal do pagamento dos salários com o pagamento de dezembro de 2018, para só após, com a entrada de recursos inciar-se o pagamento das remunerações relativas ao ano de 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s