Por Glaucia Paiva

dinheiro-pkA colunista Rosalie Arruda, da Tribuna do Norte publicou em sua coluna diária no jornal, a possibilidade de parcelamento de décimo e salários atrasados para 2019.

De acordo com a colunista, a mesma teria sido informada por uma pessoa da equipe de transição do Governo Fátima Bezerra que estaria sendo estudada “a possibilidade de juntar décimo e salários atrasados e parcelar todo em suaves prestações”, diz a coluna.

Ainda conforme Rosalie, “o servidor passaria a receber dentro do mês e mais 20% do valor em atraso”.

Se isso se confirmar, o servidor público do Estado só receberia salário no mês de janeiro de 2019, já com o parcelamento relativo aos salários atrasados e ao décimo.

No entanto, na melhor das hipóteses, o servidor receberá ainda o salário do mês de novembro ainda em dezembro, ficando para a próxima gestão os décimos-terceiros em atraso (2017 e 2018) e o salário de dezembro, que provavelmente deverão ser parcelados.

Até lá, o Governo segue em silêncio sem anunciar o pagamento de décimo e salários.

parcelado