São cenas como essa que tentaremos evitar ao destinar as emendas parlamentares prioritariamente para a Segurança Pública do Estado.

Nós precisamos de forças policiais equipadas, estruturadas e preparadas para o enfrentamento da criminalidade a curto prazo.

Não podemos deixar nossos Heróis irem para as ruas sem munição, com coletes vencidos ou tendo que empurrar as viaturas.