Governo apresenta propostas de melhorias e pagamento de salários da Segurança

Postado em

Por Glaucia Paiva

Na manhã desta terça-feira (09), os policiais e bombeiros militares se reuniram em Assembleia Geral para deliberar sobre as propostas apresentadas pelo Governo do Estado na noite da última segunda (08) às associações representativas.

Logo às 9h desta terça (09), os oficiais da Polícia Militar se reuniram em assembleia geral e decidiram por acatar as propostas apresentadas pelo Governo, entre as quais o compromisso de não punir disciplinarmente ou criminalmente qualquer policial ou bombeiro que tenha participado do movimento reivindicatório e o pagamento do salário de dezembro para o próximo dia 12 (sexta-feira).

Também foi proposto pelo Governo a realização de uma operação de crédito que deverá ser autorizada pela Assembleia Legislativa para viabilizar um empréstimo pelo servidor, o qual será de responsabilidade do Estado. Além disso, o Governo teria se comprometido em garantir prioridade da pasta de Segurança Pública para os pagamentos dos meses subsequentes em 2018.

Outro ponto tratado pelo Governo foi quanto à manutenção de viaturas e compras de equipamentos, entre outros relacionados às melhorias e condições de trabalho. Nesse sentido, o Governo garantiu o investimento de um recurso oriundo do Governo Federal o qual deverá ser utilizado para compras de coletes, munições e demais equipamentos, uma vez que já estão sendo adquiridas viaturas novas para a Segurança Pública do Estado.

Também foi tratada a questão dos níveis remuneratórios, onde o Governo do Estado se comprometeu em atualizar os níveis de todos os policiais e bombeiros militares no pagamento referente ao mês de janeiro/2018.

Em relação aos vales alimentação, o Governo garantiu a majoração do valor que passará de R$ 10 para R$ 20. Além disso, garantiu, ainda,  cumprimento integral da Lei de Promoção de Praças, com a realização das promoções nas datas constantes na LPP.

Ainda foi proposto pelo Governo do Estado o encaminhamento da Lei de Organização Básica das corporações, o Código de Ética e o Novo Estatuto da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Apresentada os pontos acima elencados, os policiais e bombeiros militares presentes deliberaram em Assembleia Geral aceitar a proposta feita pelo Governo, o qual deverá elaborar um Termo de Ajustamento de Gestão assinado pelo Governador do Estado e representantes do Ministério Público, Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa e sociedade civil.

O Termo de Ajustamento de Gestão ainda será lido em Assembleia Geral Extraordinária convocada para essa quarta-feira (10) para que seja referendado pela categoria policial e bombeiro militar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s