Em vídeos, policiais da Reserva e pensionistas agradecem pela inclusão em acordo de associações e Governo

Postado em

Por Glaucia Paiva

O acordo firmado entre as associações militares e o Governo do Estado sobre o pagamento dos salários relativo ao mês de outubro dos policiais e bombeiros militares do RN causou opiniões diversas no meio da categoria militar estadual.

Isso porque o pagamento dos salários dos militares estariam programados pelo Governo do Estado a serem creditados na última segunda-feira (13), abrangendo apenas os policiais e bombeiros militares da ativa.

Por acharem injusto para com os militares inativos, bem como os pensionistas, as associações decidiram por firmar um acordo com o Governo de modo a abarcar os militares da inatividade e as pensionistas de militares, protelando o pagamento previsto apenas para esta sexta-feira (17).

O atraso de mais quatro dias no pagamento fez com que as associações dos militares, praças e oficiais, recebessem críticas de um lado e elogios de outro. O fato é que para as associações e alguns militares, tal medida fortalece a categoria, demonstrando união ao Governo.

Para demonstrar a gratidão dos militares inativos e pensionistas, a Associação dos Oficiais produziu alguns vídeos mostrando histórias de policiais reformados e da reserva remunerada e, até mesmo, da esposa de um policial militar morto, os quais agradeceram pela luta por suas remunerações.

Os vídeos também têm o objetivo de conscientizar a categoria pela união da tropa, quer seja da ativa ou da inatividade.

Assista os vídeos abaixo:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s