Por Glaucia Paiva, via PMRN

siteO Comandante Geral da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, Coronel PM Dancleiton Pereira Leite, através da Resolução Administrativa nº 003/2016 publicada em Boletim Geral desta segunda-feira (14), regulou o gerenciamento das Diárias Operacionais com a criação da Central de Diárias Operacionais.

De acordo com a norma administrativa, a criação da Central de Diárias Operacionais tem como finalidade o cadastramento, emprego, controle e fiscalização das diárias operacionais, bem como os procedimentos e requisitos para os serviços extras.

Com a criação da Central de Diárias, os policiais militares que desejarem concorrer às escalas extraordinários de reforço no policiamento ostensivo em circunstância especial deverão se cadastrar de forma voluntária através da internet sempre para o mês subsequente.

Para efetuarem o serviço extraordinário para o qual foi cadastrado, o militar deverá estar de folga, ser considerado “apto” ao serviço operacional e ao porte e uso de arma de fogo, além de não se encontrar em gozo de licença especial ou férias ou estar dispensado do serviço por qualquer natureza.

O militar que se cadastrar na Central de Diárias Operacionais não poderá faltar, injustificadamente, ao serviço para o qual estava escalado, sob pena de responder sanções administrativas e ficar impedido de se cadastrar novamente na Central de Diárias por 30 dias.

A criação da Central de Diárias visa atender ao continuado e crescente aumento da demanda da atividade de policiamento ostensivo”, explicou o Comandante Geral.