Comandante do 5º BPM estuda possibilidades de quitar diárias da Copa do Mundo

Postado em

Por Glaucia Paiva

pmrnr11

Há quase dois anos, centenas de policiais militares do RN sofreram o que muitos denominou de “calote da Copa”. Isso porque os militares estaduais foram empregados nos jogos da Copa do Mundo de 2014 que ocorreram em Natal, mas não receberam a remuneração devida à prestação do serviço extraordinário, conforme previsão legal.

O fato causa revolta entre a categoria ainda nos dias de hoje, uma vez que os militares prestaram efetivamente o serviço de segurança pública, garantindo a segurança dos jogos de caráter mundial, promovendo a imagem do evento e elevando o nome do país no âmbito internacional.

Em virtude disso, o Comandante do 5º BPM, Major PM Correia Lima, revelou ao blog que vem estudando a possibilidade de quitar e compensar os policiais militares que efetuaram esse serviço e que pertencem à sua unidade operacional. “Já solicitei o levantamento de todas as diárias atrasadas antes da minha gestão no batalhão”, disse o oficial superior.

De acordo com o oficial, há uma das possibilidades de compensar os trabalhos prestados é a concessão de folgas aos militares empregados nos eventos extraordinários e que ainda não receberam o valor das diárias operacionais.

“Não é justo para o policial que saiu do conforto de sua folga para garantir a segurança de um evento tão importante como a Copa do Mundo e o mesmo não receber por aquele serviço”, disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s