Familiares e PM’s prestam últimas homenagens a Soldado Marcos

Postado em

Por Tribuna do Norte

Familiares e colegas da corporação prestam suas últimas homenagens ao soldado da Polícia Militar, Marcos Antônio da Silva, de 49 anos, morto após uma tentativa de assalto na manhã da última sexta-feira (30), no conjunto Nordelândia, zona Norte de Natal.

Na manhã deste domingo (1), colegas de trabalho, principalmente os do 4º Batalhão de Polícia Militar, onde o praça era lotado, chegam para prestar solidariedade à família no centro de velório Sempre, localizado no conjunto Soledade, bairro Potengi, zona Norte de Natal.  Uma missa de corpo presente será realizada e o sepultamento ocorrerá às 15h de hoje, no cemitério Parque da Passagem, no município de Extremoz.

O subtenente Paulo César Ferreira conta que o praça era um profissional exemplar, que vivia exclusivamente pra família, toda de Nova Natal. “Não tinha nada que desabonasse a carreira dele, era muito querido pela tropa “, disse. Segundo Ferreira, o praça acompanhou a fundação do 4 BPM, desde a sua criação, na antiga Cavim, na avenida João Medeiros Filho, onde atualmente está sediado o BOPE.
Pernambucano, Marcos Antônio era fervoroso torcedor do Sport Clube do Recife, por este motivo, o corpo está vestido com uma camisa do time rubro-negro. Uma bandeira do clube também foi posta sobre o caixão.
Através de sua conta em uma rede social, a filha do policial desabafou. “Todos nós sabemos que iremos passar por isso algum dia, mas eu nunca imaginei que fosse desse jeito, nunca pensei que a vida do meu velho seria tragada por um BANDIDO MALFEITOR, que por não ter nada a perder, veio a destruir minha família. Eu sinceramente não sei mais qual vai ser o sentido da minha vida daqui pra frente.”, escreveu a jovem.
Anúncios

Um comentário em “Familiares e PM’s prestam últimas homenagens a Soldado Marcos

    JF disse:
    novembro 1, 2015 às 16:05

    Mas uma vez um pai de família, soldado da nossa gloriosa…tiram tudo dele e de seus ( vida) e no final a justiça vai libera-lo, pois não houve flagrante…? No estado direito a coletividade não é mas importante…?No meu ponto de vista dois profissionais tem segundos pra fazer a escolha entre a vida é morte, o médico e agente de segurança…Força, honra e coragem pra seus amigos e familiares….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s