Na última semana os policiais militares do RN puderam contemplar mais uma promoção de praças, o que concretizou a ascensão profissional de 777 PM’s.

No entanto, com a retroatividade das promoções à 25 de agosto,  a antiguidade dos militares começa a gerar confusões.  Isso porque militares de turmas de soldados posteriores estão sendo promovidos na via judicial e conseguindo a antiguidade para 21 de abril de 2015.

O fato está gerando um desconforto entre os policiais que, mesmo tendo ingressado antes na PMRN, estão se tornando mais “recrutas”, podendo serem preteridos em promoções futuras. Exemplo disso são os militares das turmas de 1997 e 1999 que já possuem a sua frente PM’s de 2000 e 2001 (contemplados por decisões judiciais).

RETROATIVIDADE A 21 DE ABRIL

Nesses casos,  os PM’s preteridos em suas antiguidades devem requerer administrativamente a antiguidade para a data de 21 de abril de 2015,  já que pela nova Lei de Promoção de Praças os mesmos já possuíam o dobro do interstício naquela data, garantindo o direito à promoção.

Caso o requerimento seja-lhes negado,  os PM’s deverão recorrer à via judicial e ter suas antiguidades retroativas a 21 de abril.

Até lá,  a antiguidade dos militares começa a virar uma verdadeira “Torre de Babel”, gerando uma grande confusão administrativa.