[Opinião de um Repórter] Segurança Pública do RN: Kalina e o país das maravilhas

Postado em

Por Thyago Macedo, via Portal BO

A atual secretária de Segurança Pública, a delegada Kalina Leite, tem constantemente divulgado na imprensa números e mais números que mostram a redução da criminalidade no Rio Grande do Norte. De acordo com ela, as taxas de homicídios caíram e os assaltos diminuíram. As estatísticas da Sesed, na teoria, mostram um avanço na segurança. Mas, na prática, não é isso que a população está sentido.

Diariamente, são assaltos e mais assaltos. Seja em via pública, restaurantes, bares, postos de saúde, ônibus ou até mesmo trancada dentro de casa, a população não se sente segura e nem muito menos sente essa redução da violência dita pela secretária Kalina Leite. Na prática, a sensação de insegurança é a mesma, ouso dizer que até crescente.

A prova disso é o conflito de dados entre a Secretaria de Segurança e o Sindicato dos Rodoviários, por exemplo. Este afirma que neste ano de 2015 já são mais de 200 ônibus assaltados. Somente na noite desta segunda-feira, foram três casos registrados. Mas, para a Sesed, foram apenas 122 assaltos, o que representaria uma redução de 50%.

Não contesto os números apresentados pela Secretaria de Segurança e espero realmente que os índices de criminalidade diminuam no Estado. Porém, também não contesto os números do Sindicato dos Rodoviários e, muito menos, não contesto o clamor social por mais segurança.

Quem usa as redes sociais, por exemplo, percebe que a população, na prática, não está sentindo essa redução da violência. As pessoas, no momento, não querem saber de números e de estatísticas. As pessoas querem poder viver suas vidas com o mínimo de tranquilidade possível. Querem poder abrir a porta de casa, encontrar um vizinho varrendo a calçada, e conversar sobre a vida. Querem sentar com os amigos em um bar sem precisarem ficar tensos. Querem esperar um ônibus e chegar em casa sem perder seu celular ou o dinheiro do pão e do café.

A secretária Kalina Leite, teoricamente, é uma grande conhecedora da Segurança Pública, pois é delegada de carreira da Polícia Civil. Posso estar errado, mas, às vezes, tenho a sensação de que excelentíssima delegada ainda não atentou para a real situação do povo potiguar no que diz respeito à segurança.

Kalina, pela sua elegância, sempre bem vestida e maquiada, e pelas suas características físicas, até lembra a Alice, do conto Alice no país das maravilhas. A secretária, por sinal, tem sido figura constante em colunas sociais e, sem dúvida, tem sido a auxiliar de Robinson Faria com mais destaque na imprensa desde o início do novo Governo.

Acontece que o Rio Grande do Norte está longe de ser o país das maravilhas de Alice, está longe de ser a terra dos sonhos. A secretária Kalina e o governador Robinson podem até sonhar com dias melhores. O que não podem, a meu ver, é continuarem sonhando, sonhando, sonhando e sonhando…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s