Secretária participa de encontro nacional de Secretários de Segurança e Ministério da Justiça, e cobra investimentos da União

Postado em

Por SESED

Um por todos e todos por um! Essa foi a mensagem principal do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para aos 23 secretários estaduais de Segurança Pública e da Defesa Social presentes na 57ª reunião ordinária do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (CONSESP), iniciada na manhã desta quinta-feira (26), em Brasília (DF). Durante o encontro com os gestores da Segurança, o Ministro da Justiça sugeriu um pacto nacional de combate à violência, com medidas concretas e discutidas por todos os estados, focada principalmente na redução dos crimes de homicídios.

“O país passa por um momento delicado no ponto de vista da violência. Os índices de homicídios são preocupantes e nós precisamos construir um processo conjuntamente, deixando de lado questões partidárias e tratando este assunto como uma Política de Estado. Esse é o momento de fazermos uma grande mudança na Segurança Pública, tão esperada e cobrada pela população. Não podemos deixar passar essa oportunidade. Precisamos estar juntos para sobreviver aos desafios existentes. Devemos trabalhar integrados e unidos: Um por todos e todos por um!”, disse o Ministro da Justiça.

Em linhas gerais, José Eduardo Cardozo ainda falou sobre as ações desenvolvidas por seu Ministério durante a Copa do Mundo, em 2014, e demonstrou preocupação em relação a onda de explosões ocorridas nas agências bancárias de todo o país.

“É preciso que haja mudanças legislativas imediatas. Temos alguns projetos de lei já esboçados quanto aos critérios que garantam uma maior regulamentação na comercialização de explosivos. Precisamos aprofundar este assunto, aperfeiçoando a legislação e discutindo esses casos de forma conjunta com as Secretarias, o Ministério da Justiça e o Ministério da Defesa”, disse José Eduardo Cardozo.

Secretária cobra mais investimentos da União

Durante a 57ª reunião ordinária do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (CONSESP), realizada nesta quinta-feira (26), em Brasília (DF), a secretária estadual da Segurança Pública e da Defesa Social, Kalina Leite, achou importante a preocupação do Ministro José Eduardo Cardozo e reforçou o discurso de que o combate à criminalidade precisa ser enfrentado de forma conjunta por todos os entes federados (Municípios, Estados e União).

“Precisamos promover uma força tarefa, focada em pontos específicos como homicídios e uso irregular de explosivos, como forma de coibir os crescentes índices nacionais. É um desafio que aflige não só o RN, mas todos os estados do país, que precisa ser combatido de frente”, disse Kalina Leite.

A secretária da Sesed ainda expôs sua preocupação quanto à necessidade da estruturação do Sistema Prisional como um todo e o aperfeiçoamento das legislações.

“Os problemas citados pelos demais secretários reflete o que passamos em nosso estado. Temos conseguindo baixar e conter alguns índices, como roubos e furtos, mas precisamos unir forças para atuar com mais efetividade nas questões que impactam contra a vida em todo o país. A Segurança Pública precisa ser tratada com prioridade assim como a Educação e Saúde. Esperamos que este pacto, sugerido pelo Ministro da Justiça, também venha com investimentos que possam colaborar com uma melhor estruturação das Secretarias”, destacou Kalina.

O secretário da Defesa Social de Minas Gerais, Bernardo Santana de Vasconcelos, foi eleito com 14 votos o novo presidente do CONSESP para o biênio 2015/2016. Ao todo participaram da reunião 23 secretários titulares, sendo destes 9 reconduzidos ao cargo. Apenas duas mulheres, Eugenia Nogueira do Rêgo Monteiro Villa, secretária interina do estado do Piauí e Kalina Leite Gonçalves, do Rio Grande do Norte, compõem o CONSESP. O próximo encontro do Colegiado ficou marcado para ocorrer no estado do Rio de Janeiro, no período de 14 a 17 de abril.

Anúncios

Um comentário em “Secretária participa de encontro nacional de Secretários de Segurança e Ministério da Justiça, e cobra investimentos da União

    Neriberg disse:
    março 5, 2015 às 16:46

    A violência no nosso Estado e no Brasil esta ligado diretamente a falta de justiça vista pelos criminosos que se sentem a vontade para roubar, matar e explodir. As leis do nosso sistema judiciário são brandas com criminosos e os recursos abundantes tornam ainda mais difícil deixar um bandido na cadeia. Ah! não temos isso também. Nossos presídios são tão poucos e tão ultrapassados que parecemos viver ainda no passado distante onde os prisioneiros eram levados para fortes. Enquanto isso alguns políticos em Brasília continuam apresentando propostas para livrar criminosos da já tão frágil justiça brasileira.
    Mas vamos trabalhar com o que temos para tentar coibir a violência, lembrando que precisamos não só de politicas sociais, mas de efetivo policial e desburocratização das ações e procedimentos administrativos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s