Por Glaucia Paiva

organograma pm

A Comissão responsável pela elaboração da nova Lei que dispõe sobre a Organização Básica da Polícia Militar concluiu seus trabalhos e entregou a minuta pronta ao Comando Geral da Polícia Militar.

O Comando, por sua vez, no intuito de escutar as opiniões dos policiais militares, abriu um prazo de 20 dias para os integrantes da Corporação enviarem sugestões viáveis para a Lei de Organização Básica da Polícia Militar do RN.

Os militares que desejarem contribuir com sugestões deverão enviar arquivo editável para o endereço eletrônico cmdgeralpm@rn.gov.br, contendo nome completo, posto/graduação, matrícula, proposta de texto e justificativa.

De acordo com a nota publicada no site da PM, após encerramento do prazo (19 de fevereiro), as sugestões serão analisadas e processadas.

Grandes Comandos

Pela minuta da Lei de Organização Básica, o Comando de Policiamento Metropolitano seria dividido em CPM – Norte e CPM – Sul, que contaria com mais um Batalhão em cada área. Já o Comando de Policiamento do Interior, seria dividido em três: Comando de Policiamento Regional I (CPR-I), que seria responsável pelo policiamento na Região Oeste e Alto Oeste; Comando de Policiamento Regional II (CPR-II), responsável pela Região do Médio Oeste e Seridó; e o Comando de Policiamento Regional III (CPR-III), responsável pelo policiamento na Região Agreste, contando com mais um Batalhão.

O CPRE, por sua vez, passaria a ser chamado de CPTRAN (Comando de Policiamento de Trânsito), que contará com dois Batalhões e três Companhias Independentes.

Ainda pela nova Lei, seria criado o Comando de Policiamento Especializado, que será composto pela Companhia Independente de Policiamento de Guarda (CIPGD), Batalhão de Policiamento Turístico (BPTUR), Batalhão de Policiamento Escolar (BPESC) e Batalhão de Polícia Ambiental (BPAM).

Outro Grande Comando seria o Comando de Missões Especiais, composto pelo BOPE, Batalhão de Polícia de Choque (BPCHQ), RPMON, Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCÃES) e Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (ROTAM).

Efetivo

Pela nova Lei, o efetivo da Polícia Militar é fixado por 13.466 militares, divididos na estrutura básica da PMRN, passando a contar com 21 Coronéis, 100 Tenentes Coronéis, 152 Majores, 278 Capitães, 298 Primeiro Tenente, 446 Segundo Tenente, 207 Subtenentes, 738 Primeiro Sargento, 745 Segundo Sargento, 1.203 Terceiro Sargento, 3.660 Cabos e 5.384 Soldados, além dos Oficiais da Administração.