Em Passagem de Comando, Governador diz que atenderá demandas da Corporação

Postado em

Por Glaucia Paiva

Nesta quarta-feira (14), foi realizada no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do RN a solenidade alusiva à Passagem de Comando da Corporação.

A tradicional solenidade reuniu o atual Comandante Geral, Coronel Ângelo, e o ex-Comandante Coronel Araújo, além do Governador Robinson Faria e autoridades civis e militares que prestigiaram o evento.

Em seu discurso, o Governador Robinson Faria conclamou aos policiais militares dedicação ao serviço e motivação para assegurar a segurança aos cidadãos do RN. Ressaltando mais uma vez em seu discurso que atenderá a todos os pleitos da categoria, mas que também cobrará das Instituições de Segurança.

“Atenderemos aos anseios às demandas da Corporação, como as promoções verticais, a revisão do Estatuto, o cumprimento das diárias operacionais, entre outras”, declarou o Governador. “Mas o Governador e a população espera uma resposta de todos vocês. Serei um Governador enérgico na cobrança de uma Polícia Militar que terá que dar uma resposta”, disse.

Confira o discurso do Governador à tropa durante a Passagem de Comando da PMRN:

Anúncios

2 comentários em “Em Passagem de Comando, Governador diz que atenderá demandas da Corporação

    Rossanna Nadja disse:
    janeiro 15, 2015 às 18:49

    Boa noite Glaucia, meu bem você tem alguma informação sobre um advogado que ganhou a causa do escalonamento que prejudicou das turmas de 1990 a 2000? Pois tem várias postagens de um escritório advocatício cobrando 400,00 para dar entrada na ação que segundo informações já foi ganha por tais, está também rolando quem quem quiser entrar com o processo deverá fazer até o dia 20/01/2015, caso contrário não poderá entrar mais…
    Mas como não vi nenhum comentário sobre tal assunto em seu blog estou meio duvidosa quanto a entrar ou não na justiça…
    Desde já, agradeço a atenção!
    Cheiro!

      Soldado Glaucia respondido:
      janeiro 15, 2015 às 20:08

      Olá Rossana. Infelizmente, não tenho a informação. Mas posso falar que quanto ao prazo para ingresso o que ocorre é que um processo contra o Estado prescreve em 5 anos. Passado esse tempo, você perde o prazo para requerer em juízo a pretensão. Sendo assim, se o advogado afirma o tempo de ingresso no processo deve ser porque já está para expirar o prazo.

      De toda forma, se informe melhor com o próprio advogado e veja as ações que ele já ingressou. No site do TJ você pode pesquisar os processos do mesmo através do nome dele (advogado).

      Boa sorte!

      Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s