Há seis dias para o fim da Copa do Mundo no Brasil, os Policiais Militares do RN reclamam da falta de pagamento das diárias operacionais aos PM’s de serviço durante o período esportivo na cidade de Natal, uma das doze sedes do evento.

Foram quatro dias de jogos, com diárias no valor de R$ 150 por dia de jogo em Natal, conforme anunciado pelo Comandante Geral da PMRN, Coronel PM Araújo em formatura geral dois dias antes do início da Copa do Mundo em Natal.

O policiamento foi reforçado em toda a capital potiguar, retirando PM’s do setor administrativo, gerando uma verdadeira Segurança Pública para os que iriam assistir aos jogos da Copa no Arena das Dunas. No entanto, problemas pontuais na Polícia Militar surgiram, como a questão da alimentação e das diárias operacionais. Durante os jogos ainda em Natal, os PM’s lotados no CIPRED relataram que não estavam sendo beneficiados com o fornecimento dos vales alimentação que, como anunciado pelo Comandante Geral, deveria ser disponibilizado para todo o efetivo de serviço nos dias de jogos em Natal.

Outro problema relatado pelo militares do CIPRED foi a questão das diárias operacionais. De acordo com os militares, foi-lhes informado que, mesmos os PM’s de serviço extra, os mesmos não fariam jus às diárias operacionais de R$ 150 anunciadas pelo Comandante.

O blog entrou em contato com o Comandante Geral e o mesmo informou que o pagamento poderá ser realizado após o pagamento dos inativos e do 13° salário.

Passou a Copa em Natal. A Segurança Pública transcorreu na maior tranquilidade possível e sem ocorrências de maiores gravidades. o Secretário, em entrevista coletiva pós-Copa destacou o termo “integração” para a atuação das Forças de Segurança Pública na cidade. Contudo, nada se fala sobre o pagamento das diárias da Copa do Mundo para os PM’s que abdicaram de suas folgas, quase que obrigatoriamente. Já informações de PM’s do Comando de Policiamento Metropolitano afirmam que não há qualquer previsão para o repasse dos valores aos devidos detentores da remuneração extra, quais sejam os policiais militares.

Mas a Copa passou em Natal. Que venha as eleições!