LEI DE PROMOÇÃO: PM’s decidem por ocupar Assembleia Legislativa dias 13, 14 e 15 para pressionar aprovação

Postado em

Por Glaucia Paiva

 

PM's decidem por pressionar deputados pela aprovação da LPP na Assembleia Legislativa (Foto: Glaucia Paiva)
PM’s decidem por pressionar deputados pela aprovação da LPP na Assembleia Legislativa (Foto: Glaucia Paiva)

Na manhã desta quarta-feira, policiais e bombeiros militares se reuniram para mais uma assembleia geral para definir os rumos a serem tomados após o envio da Lei de Promoção à Assembleia Legislativa.

Os representantes das associações reuniram a categoria e apresentou formalmente a Lei de Promoção de Praças encaminhado à ALRN no último dia 30. De acordo com as associações, alguns pontos necessitarão ser emendados pelos Deputados como a questão de vincular a promoção como um direito do policial e não a discricionariedade do Comandante Geral da Corporação. Outro ponto que necessitará de emenda é a inclusão do Estágio de Habilitação à Graduação de Sargento (EHS) como forma de promoção à graduação a 3º e 2º Sargento, haja vista que muitos policiais e bombeiros possuem o EHS.

Com o envio a ALRN, os policiais e bombeiros militares decidiram pressionar os Deputados Estaduais na aprovação da Lei de Promoção de Praças com brevidade. Foi decidido que nos dias 13, 14 e 15 os PM’s e CBM’s estarão presentes lotando as galerias da Assembleia Legislativa de modo a garantir a aprovação da LPP.

“Feito isso, se até lá o Governo não responder às demais reivindicações, a tropa decidiu fazer uma paralisação de advertência no dia 19 de maio”, disse o Sargento Eliabe, presidente da ASSPMBM.

Além da LPP, os praças da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar reclamam das péssimas condições de trabalho, alimentação, mudança na legislação institucional e, especialmente, reajuste salarial. Os militares estaduais estão há dois anos com os salários congelados, sem qualquer reajuste nem mudança de nível remuneratório, e alegam que o salário já não dá para satisfazer as necessidades básicas de sua família.

“O nosso salário não está acompanhando a evolução da inflação. A cada mês, o policial sente no bolso a defasagem salarial”, desabafou um Soldado da PM.

Anúncios

8 comentários em “LEI DE PROMOÇÃO: PM’s decidem por ocupar Assembleia Legislativa dias 13, 14 e 15 para pressionar aprovação

    Juniorn disse:
    maio 10, 2014 às 12:35

    Se não nos mobilizarmos agora iremos ficar a ver navios de novo! Ainda não conseguimos nada e essa lei está cheia de vícios.

    currupaco disse:
    maio 9, 2014 às 16:19

    sgt eliabi cade tu iliabi vais engoli no seco esta noticia postada aqui em glaucia ou vamos agir junto com a tropa não se cale meu amigo o governo não ta nem ai cuidado não faça como siqueira não abandone a tropa não.

    Juniorn disse:
    maio 8, 2014 às 22:58

    Se não radicalizarmos, não conseguiremos nada! Só estão nos enrronlando para ganhar tempo e a copa começar! Aguarde e verá!

    carlos disse:
    maio 8, 2014 às 22:23

    nao adianta,.estamos pedindo esmolas e mesmo assim o governo nao quer dá.

    Dimas Euder disse:
    maio 8, 2014 às 21:10

    Gostaria de saber qual proposta foi apresentada pelas Associações dias 05/05/14 ao governo? ?e se pelo que eu entendi o reajuste salarial deveria ter sido dado pelo menos uma vez por ano não é está na lei do Subsídio esse reajuste? ??

    Ze disse:
    maio 8, 2014 às 5:31

    Reajuste do auxílio no TJRN impacta em R$ 9,7 milhões
    Publicação: 08 de Maio de 2014 às 00:00 | Comentários: 0
    No último dia 30 de abril, o pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) reajustou o auxílio-alimentação dos servidores do Judiciário em mais de 34%. O benefício saltou de R$ 889,30 para R$ 1.200,00. Com o reajuste, a folha de pagamento sofreu impacto anual de R$ 9.794.506,80.

    De acordo com informações da assessoria de imprensa do TJRN, a atualização do valor do auxílio-alimentação será implantada na folha dos servidores a partir do mês de maio. Atualmente, o Poder Judiciário potiguar conta com 212 magistrados e 2.415 servidores. São, ao todo, 2.627 membros ativos, efetivos e comissionados no órgão.

    saiba mais
    MPRN vai pagar retroativo parcelado
    O auxílio-alimentação no TJRN foi instituído há quatro anos pela Lei Complementar nº 426, de 08 de junho de 2010. A assessoria informou ainda que o último aumento havia sido concedido em outubro de 2010, em razão do reajuste da remuneração dos servidores, à época.

    O reajuste foi uma requisição do Sindicato dos Servidores do Judiciário do Estado do Rio Grande (Sisjern) do Norte e da Associação dos Magistrados do RN (Amarn). Para autorizar o aumento de 34,93% no mês passado, os desembargadores tiveram como base os índices inflacionários do período entre 2010 e 2014. No entanto, nesse intervalo, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação acumulada foi de 29%.

    Pela Resolução, a atualização do valor mensal será feita por meio de Ato da Presidência, mediante proposta da Secretaria de Orçamento e Finanças, “sempre que for identificada a defasagem do benefício, observados os indicadores econômicos oficiais e a disponibilidade orçamentária e financeira”.

    A verba alimentado do TJ é mais da metade de um salário do PM.

    Impacto financeiro que a PM que fazer em três anos. O TJ e MP fazem em dia.

    Porque essa verba alimentado com esse valor não se estende a todos servidores? Pq a PM tem comer quentinha.

    Para uns tudo e para outros nada.

    Brasillllllll!

    leia também:

    ferreira disse:
    maio 8, 2014 às 0:39

    pow como gostaria que na pmrn tivesse um Prisco,ja teriamos resolvido tudo. 😦

      fernandes disse:
      maio 9, 2014 às 21:11

      Os cabos 2001 mais uma vez prejudicados convocarão 90 cabos e deixando o restante da turma 28 de fora.valeu srº cmte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s