[BLOG POR DENTRO DA PM] Projeto do novo Estatuto dos Militares Estaduais está parado há 4 anos

Postado em

Por Glaucia Paiva, via Portal BO

estatuto2bda2bpm2blutaHá aproximadamente 4 anos atrás os policiais e bombeiros militares do RN se reuniam com o Comando Geral de ambas as corporações para elaborar uma minuta do novo Estatuto dos Militares Estaduais. Concluído em novembro de 2010, o projeto do novo Estatuto seguiu para os corredores do Governo do Estado, onde permanece até hoje.

Pelo novo Estatuto, os Militares Estaduais teriam sua carga horária definida em 160 horas mensais, com turnos de serviços de no máximo 12 horas, além da exigência de nível superior para ingresso nas Instituições Militares Estaduais e o aumento da carga horária do Curso de Formação de Soldados, que passaria a 12 meses.

Outro ponto tratado e incorporado no novo Estatuto foi a promoção exclusivamente por antiguidade para a graduação de Cabo após 6 anos de efetivo serviço sem a necessidade de qualquer espécie de Estágio ou Curso de Habilitação e a graduação de 3º Sargento após 4 anos na graduação de Cabo, este mediante a conclusão do Curso de Habilitação a Sargento com duração de 90 dias.

Apesar dos pontos importantes para a valorização profissional dos Militares, pode-se afirmar que o novo Estatuto se perdeu no limbo dos corredores do Governo, sem qualquer posicionamento ou previsão para sua tramitação.

Anúncios

3 comentários em “[BLOG POR DENTRO DA PM] Projeto do novo Estatuto dos Militares Estaduais está parado há 4 anos

    Francisco Paulo De Sousa Paulo disse:
    março 31, 2014 às 20:07

    Está bem perto desse governo corrupto recebe o que ele merece! Temos de dá a resposta a ela nas urnas. Mas não só a ela mas a todos.

    Don´t Know disse:
    março 31, 2014 às 17:13

    Esse novo estatuto é uma prova de como nossas associações estão perdidas e sem foco: antes o problema era o estatuto, agora desesperadamente queremos rever a tabela dos níveis, e ainda tem o estatuto arcaico. Confesso que vai ser difícil mobilizar as praças novamente, pois os efeitos do movimento de 2007 (prisão e ameaça de exclusão) ainda trazem cicatrizes em muitos. Remotivar a tropa será um desafio para as associações e isso só é conseguindo dando segurança jurídica para os associados durante as manifestações e passando confiança e transparência.

    Ze disse:
    março 31, 2014 às 6:55

    O projeto que o governo tem é acabar com o RN e está conseguindo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s