[BLOG POR DENTRO DA PM] Déficit de PM’s aumenta a cada mês em virtude de aposentadoria e pedidos de baixa

Postado em Atualizado em

Por Glaucia Paiva, via Portal BO

A legislação atual prevê um efetivo de pouco mais de 12 mil policiais militares no Estado do Rio Grande do Norte, contudo, atualmente, o efetivo se encontra com pouco mais de 9 mil PM’s, um déficit de cerca de 3 mil policiais.

Sem concurso para soldado e oficiais há nove anos, o efetivo da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte só vem reduzindo a cada ano. Em um breve levantamento realizado neste mês de janeiro, o blog contabilizou 8 solicitações de licenciamento, a chamada “solicitação de baixa” da corporação, além das 15 transferências para a Reserva Remunerada (aposentadoria), somando um déficit somente neste mês de 23 PM’s.

Uma leve projeção mostra que o número de aposentadorias e solicitações de baixas da PMRN fica em torno de 300 PM’s a cada ano. Muitos dos policiais militares que solicitaram baixa da corporação buscam melhores cargos, que possibilitem ascensão profissional, vez que na Polícia Militar do RN já é normal um Soldado se aposentar como Soldado, ou serem promovidos à graduação de Cabo com mais de 25 anos de serviço prestado.

A falta de ascensão está gerando descontentamento, fazendo com os PM’s prestem outros concursos e solicitem baixa da corporação. Das oito solicitações de baixas da PM nesse mês de janeiro, todas foram realizadas por Soldados.

As vagas de Cabos e Sargentos existem, mas os Soldados esperam a realização de concursos para essas graduações há mais de 15 anos.

Anúncios

3 comentários em “[BLOG POR DENTRO DA PM] Déficit de PM’s aumenta a cada mês em virtude de aposentadoria e pedidos de baixa

    Junior disse:
    fevereiro 5, 2014 às 0:17

    Também estou estudando para isso, e se Deus quiser também conseguirei sair da PM! Cansei de esperar pelo que não vem. Quando eu me formar, vai ser pernas pra que te quero!

    PM FC disse:
    fevereiro 4, 2014 às 12:32

    O ingresso na PM é composto por várias etapas:
    1º) concurso público: das inscrições até as provas demoram no mínimo 3 meses;
    2º) exames físicos e de saúde: no mínimo uns 3 meses;
    3º) Curso de Formação: no mínimo uns 5 meses.
    Essas etapas fazem com que a inserção do PM na área operacional (do concurso a formação) demora em média 1 ano ou mais.

    Moral da história: o Estado não valoriza o profissional que demora tanto tempo para formar e capacitar, e o perde para qualquer concurso que pague um pouco mais. Desperdício total de recursos e quem paga, é claro, é a população.

    SD DESMOTIVADO disse:
    fevereiro 3, 2014 às 18:57

    É CLARO E QUEM VAI QUERER FICAR NESSE ESTADO DESSA FORMA , ENQUANTO ISSO A SEGURANÇA PUBLICA NA PARAÍBA DÁ DE LAVADA , O GOVERNADOR DEU AUMENTO E UM SOLDADO AGORA JA TA GANHANDO 2.548 E O QUE É MELHOR TRABALHANDO MENOS QUE NOIS ESCALA NA 72 E AINDA TEM DIREITO A TIRAR 5 EXTRAS ONDE QUISER BATALHÃO , CIA , PELOTÃO OU DESTACAMENTO NOS SEGUINTES VALORES SOLDADO – 114 REIAS , CABO – 135 , SARGENTO 150 E AI VAI… , MEU IRMÃO É SOLDADO SÓ A 5 ANOS E ELE ME MOSTRA O CONTRACHEQUE DELE EM JANEIRO VEIO 3.126 COM TUDO ISSO NÃO É O BRUTO É O LIQUIDO , E TEM EFETIVO E ANUNCIOU CONCURSO PRA ABRIL DESSE ANO – TEMOS QUE ACORDAR PRA REALIDADE NOSSO SALARIO AQUI É O MESMO QUE UMA DONA DE CASA GANHA MUITO ATRASADO E VOU ESTUDAR PRA FAZER ESSE CONCURSO POIS QUERO É SAIR DESSA SITUAÇÃO!!! ACORDA GUERREIROS VAMOS PRA LUTA OU ENTÃO SEGUE O CONSELHO DO CAPITÃO NASCIMENTO PEDE PRA SAIR!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s