Associação dos Oficiais impetra Mandado de Segurança para evitar trabalho de Oficiais no Carnatal 2013

Postado em Atualizado em

Por Sd Glaucia

ms_oficiaisNessa sexta-feira, 06, a Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar do RN impetraram com um Mandado de Segurança contra o Comandante Geral da PMRN, Coronel Araújo, para que este se abstenha de escalar e empregar os Oficiais da Polícia Militar e dos Bombeiros na área interna do Carnatal 2013.

Na petição, a Associação dos Oficiais alega que “o Carnatal é, evidentemente, um evento de natureza privada, mantido por pessoa jurídica de direito privado e com a única finalidade de obtenção de lucro”, e o emprego de policiais militares na área interna do evento “fere frontalmente a finalidade de emprego da Polícia Militar e os princípios mais basilares da Administração Pública”.

Para a Assofme, “empregar 300 (trezentos) policiais militares para fornecer segurança em uma festa privada é um descalabro. É ceifar de morte todos os preceitos da probidade administrativa”.

O Mandado de Segurança foi impetrado no Tribunal de Justiça do RN, com pedido de liminar, tendo como relator o Desembargador Expedito Ferreira. Apesar da ação ter sido impetra com pedido de urgência durante o Plantão Judiciário, o processo ainda está “concluso ao relator”.

Anúncios

8 comentários em “Associação dos Oficiais impetra Mandado de Segurança para evitar trabalho de Oficiais no Carnatal 2013

    praça frustrado disse:
    dezembro 7, 2013 às 11:17

    era tao mais facil terem pedido desde que anunciaram que a festa seria nesse parque fechado, com certeza o juiz não terá tempo hábil para julgar o mérito, e mais uma vez a destaque dá na cara da PM.

    Carlos disse:
    dezembro 7, 2013 às 10:53

    Nossa! 22 anos de Carnatal! Na última edição… flash

      crocha disse:
      dezembro 7, 2013 às 16:45

      caro colega, vcs tem varias associações que responde pelos praças, quanto ao tempo
      ” nem todos tem o mesmo destemor e coerência do presidente do clube dos oficias” e preciso ter coragem para fazer vale as coisas legais e si expor ao máximo.

    crocha disse:
    dezembro 7, 2013 às 9:53

    ótima decisão, o principio da legalidade totalmente quebrado com escala de PMs em eventos particulares, vejo agora uma nova PMRN(unidas com propósito de busca o bem comum para todos), destemida e coerente com seus preceitos legais.

    medeiros disse:
    dezembro 7, 2013 às 9:52

    Os oficiais depois de tantos anos agora que viram isso,e mais pediram só pelos oficiais.

      crocha disse:
      dezembro 7, 2013 às 16:42

      caro colega, vcs tem varias associações que responde pelos praças, quanto ao tempo
      ” nem todos tem o destemor e coerência do presidente do clube dos oficias” e preciso ter coragem para fazer vale as coisas legais.

        Carlos disse:
        dezembro 8, 2013 às 9:52

        Caro amigo, o problema é a caneta!

    Jose Elizeu Da Costa Ferreira disse:
    dezembro 7, 2013 às 8:20

    Estão certissimo e dentro da legalidade que tem que fazer esse tipo de segurança são os organizadores e não o estado. Porque se for assim toda vez que eu for fazer uma festa de aniversario de meu bebe pedirei policiamento fixo e exclusivo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s