Governadora e Secretário de Segurança discutem reivindicações da Polícia Civil

Postado em

Por Tribuna do Norte

A governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, está reunida na manhã desta segunda-feira (16) com o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Aldair da Rocha, discutindo as reivindicações do movimento grevista da Polícia Civil. A reunião é fechada e o posicionamento do governo deve ser anunciado no fim do encontro, que ainda não tem horário previsto para terminar.

Durante o encontro de representantes do governo, policiais civis estão em manifestação, em frente à Governadoria. De acordo com o presidente do Sindicato da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN), Djair Oliveira, os servidores cobram uma resposta das autoridades e, para isso, devem acampar em frente à sede do governo estadual, aguardando uma resposta do secretário e da governadora.

Desde o início da manhã, antes da chegada dos grevistas ao Centro Administrativo, policiais militares estavam distribuídos em todas as entradas, limitando o tráfego nessas passagens. Segundo o coronel Sérgio Guimarães, comandante do policiamento no Centro Administrativo e que está à frente da ação, a presença militar é para impedir a entrada de trios elétricos, frequentemente utilizados em manifestações. Em relação ao carro de som usado pelos policiais civis na manifestação, o coronel afirma que não haverá problemas.

Policiais civis estão em greve desde o dia 6 de agosto e os servidores do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) desde o dia 12 do mesmo mês. Desde então, são feitos apenas a lavratura de flagrante delito nas delegacias de plantão das zonas Norte e Sul, e o recolhimento de cadáveres vítimas de acidentes de trânsito ou de violência criminal. A categoria está em greve há 41 dias, o segundo maior período de greve depois dos 56 dias de paralisação no primeiro semestre de 2011.

Na noite da sexta-feira passada (13), plantonistas do Itep fizeram uma “operação tartaruga” em protesto contra a decisão do governo de não atender uma representação do Sinpol, recolhendo apenas dois corpos de vítimas de atropelamento no começo da madrugada do sábado (14). O atendimento do Itep e das delegacias de plantão foi suspenso durante seis horas, entre as 18h desse dia e a 0h do sábado (14).

Anúncios

Um comentário em “Governadora e Secretário de Segurança discutem reivindicações da Polícia Civil

    Paula disse:
    setembro 16, 2013 às 15:49

    ESSES POLICIAIS QUEREM GANHAR COMO NÍVEL SUPERIOR, TUDO BEM CONCORDO, MAS SERÁ QUE NA POLÍCIA CIVIL TODOS TEM NÍVEL SUPERIOR?????? CONHEÇO ALGUNS QUE NÃO TEM, E AÍ? ORA PARA FAZER JUS A ESSE EXORBITANTE SALÁRIO TEM QUE ELUCIDAR OS MAIS DE MIL HOMICÍDIOS EXISTENTE NA CAPITAL E INTERIOR, EU DUVIDO QUE NÃO CONTINUE A MESMA COISA, FORA QUE AINDA EXISTEM POLICIAIS CIVIS QUE SE ACHAM SUPERIORES A TUDO, MAL EDUCADOS SE ACHANDO ACIMA DO BEM E DO MAL. GRANDE COISA NÍVEL SUPERIOR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s