Esclarecimento

Postado em Atualizado em

Recebi a informação de que alguém estaria se identificando como a minha pessoa para realizar comentários ofensivos em alguns blogues e sites relacionados à Polícia Militar.

Informo que raras são as vezes que posto algum comentário em qualquer site, apenas comento quando se refere à minha pessoa ou congratulando por determinadas situações.

Este blog e esta policial sempre prezou pelo respeito e o princípio da camaradagem, mesmo quando respondendo comentários ofensivos à minha pessoa.

Jamais esse veículo de comunicação aprovou qualquer comentário que ofendesse a honra ou a moral de outra pessoa, nem tampouco tomaria tais atitudes contrárias em outros meios de comunicação.

Informo ainda que a atitude tomada por essa pessoa configura crime devidamente tipificado no Código Penal Brasileiro, bem como no Código Penal Militar, e transgressão disciplinar, conforme o RDPM.

Exponho ainda minha indignação em relação a tal atitude, já que visa apenas macular a imagem desta praça perante seus pares por motivos desconhecidos da minha pessoa.

Sei que o blog incomoda a muitos, mas continuarei mantendo a mesma postura para que os operadores de segurança pública do Estado e a população norte-riograndense tenham acesso a uma informação imparcial e, acima de tudo, verdadeira.

Por fim, espero que tal acontecimento não volte a se repetir, já que estou disposta a levar até as últimas instâncias caso essa pessoa insista em cometer o mesmo crime.

3 comentários em “Esclarecimento

    cb Dumitrache disse:
    outubro 31, 2011 às 12:55

    Não sei qual foi objetivo desta pessoa sem escrúpulos ter tentado contra sua pessoa, todavia, se este criminoso sonhar que vc tem muitos amigos (irmãos) doidos para saber quem foi esta alma sebosa, se fosse ele correria de Natal, até pq os crimes virtuais não são difíceis de descobrir. Portanto, todos, inclusive nosso sensato Cmt Geral sabe que a guerreira Glaucia jamais utilizaria de palavras de ofensivas a qualquer pessoa que seja, a não ser em uma hipótese rebater de maneria proporcional uma agressão injusta ou difamatória contra sua pessoa.

    mario sergio da silva disse:
    outubro 31, 2011 às 12:03

    1. APRESENTAÇÃO
    Atendendo a Resolução Nº. 168/2004 e a nº. 285/2008 do CONTRAN no que se refere à capacitação dos Condutores de Veículos de Emergência, a Diretoria de Ensino da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte se propõe a realizar o Curso para Condutores de Veículos de Emergência (CCVE) que tem por finalidade capacitar os condutores de veículos utilizados nas operações diárias de policiamento ostensivo.

    2. JUSTIFICATIVA

    O referido curso visa atender às necessidades da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, concernentes ao efetivo qualificado para a condução de veículos de emergência conforme dispõe a legislação específica.
    É viável tendo em vista a PMRN dispor de toda a infra-estrutura humana, material e técnica, necessária para a sua realização.

    3. REFERÊNCIAS

    Lei nº. 9.503, de 23 de setembro de 1997;
    Decreto nº. 77.362, de 1º de abril de 1976;
    Resolução nº. 168, de 14 de dezembro de 2004, do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN);
    Resolução nº. 268, de 15 de fevereiro de 2008, do CONTRAN;
    Resolução nº. 285, de 29 de julho de 2008, do CONTRAN;
    Decreto Nº. 12.514, de 15 de fevereiro de 1995;

    mario sergio da silva disse:
    outubro 31, 2011 às 11:49

    Mais um PM (DOUGLAS MARIVEL DA SILVA JUNIOR) sem habilitação para dirigir veículos de emergência tomba sem vida com moto da PMPE, até quando vamos tolerar isso e quem vai pagar por isso?

    Art. 145. Para habilitar-se nas categorias D e E ou para conduzir veículo de transporte coletivo de passageiros, de escolares, de emergência ou de produto perigoso, o candidato deverá preencher os seguintes requisitos:

    I – ser maior de vinte e um anos;

    II – estar habilitado:

    a) no mínimo há dois anos na categoria B, ou no mínimo há um ano na categoria C, quando pretender habilitar-se na categoria D; e

    b) no mínimo há um ano na categoria C, quando pretender habilitar-se na categoria E;

    III – não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima ou ser reincidente em infrações médias durante os últimos doze meses;

    IV – ser aprovado em curso especializado e em curso de treinamento de prática veicular em situação de risco, nos termos da normatização do CONTRAN.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s