O que leva um PM a realizar “bicos” em suas folgas?

Postado em Atualizado em

Por Sd Glaucia, via Portal BO

A morte do Cabo da Polícia Militar Francisco Osmar dos Santos, no momento em que realizava um trabalho extra-PM – o chamado “bico”, traz à tona uma reflexão sobre o que leva tantos policiais a realizarem tal atividade em suas folgas.

Os chamados “bicos” já viraram rotina para a maioria dos policiais militares. Não bastasse as exaustivas e perigosas jornadas de trabalho a que são submetidos, levando-os muitas vezes ao extremo nas suas condições físicas e emocionais, que, alguns casos, provocam doenças mais graves, como depressão, alcoolismo, problemas cardiovasculares, transtornos psiquiátricos e, até mesmo, a desestruturação familiar, policiais precisam realizar trabalhos extras, em alguns casos fora da PM, para complementar sua renda familiar.

É evidente que a necessidade de complementar o salário leva o policial a realizar essas atividades extra-PM, já que direitos garantidos aos demais trabalhadores civis, são cerceados dos policiais, como o adicional noturno e o pagamento de horas extras. Muitas das vezes, os policiais têm o dever de permanecer em serviço, sem a devida remuneração, quantas horas sejam necessárias em situação de flagrante delito.

O “bico” serve como uma válvula de escape do PM, que recorre àquela para realizar algum projeto de vida, como a aquisição de uma casa própria ou algum veículo, entre outros, já que as remunerações pagas a esses servidores não sofrem reajustes anuais, como o salário mínimo, ficando rapidamente defasadas à realidade do sistema econômico-financeiro.

Há quem defenda o “Bico Legal”, mas, como bem falou uma conhecida vereadora de Maceió, isso em nada mudaria a situação dos policiais, já que seria apenas a legalização do aumento da exploração de uma força de trabalho já extremamente explorada.

Quantos PM’s ainda terão que morrer em “bicos” para que se perceba uma falha que há anos existe, que já no ano de 1837, apenas três anos após a criação do Corpo Policial da Província do RN, o então Presidente da Província Silva Lisboa, em sua Carta do Presidente da Província, lembrava da importância de uma “gratificação correspondente à grandeza do trabalho e ao peso da responsabilidade” desses bravos guerreiros que compunham o que viria a se tornar alguns anos mais tarde a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte.

4 comentários em “O que leva um PM a realizar “bicos” em suas folgas?

    ivan disse:
    setembro 6, 2011 às 21:10

    porque infelizmente as autoridades só pensam em beneficiar-se e o resto que se lasque , não vê agora o judiciário querendo aumento , já ganham bem e ainda querem mais, cadê a justiça? que justiça é essa? cadê a pec 300 prometida por dilma, são tudo farinha do mesmo saco só pensam neles o resto que morram de fome…

    Soldado Glaucia disse:
    setembro 6, 2011 às 13:52

    Boa tarde a todos!

    Vou transcrever o e-mail que recebi de um bombeiro militar (Ailton Sérgio) sobre a postagem.

    Vale a pena ler para a discussão…

    “Olá Gláucia, sempre acompanho seu blog, morei muito tempo na cid da esperança e me lembro de vc!não sabia que vc era aluna de história, sou graduado desde 2006 em história pela ufrn, mas igual a vc sou militar (Bombeiro), pq se a segurança não vai bem a educação está pior, o salário do prof é metade de um soldado, mesmo o prof com especialização e mestrado. Mas o que me levou a escrever foi sua postagem sobre a morte (infelizmente) do Cb.

    Os serviços alternativos, extras, ou bicos, seja lá qual for a designação são uma realidade. O policial ou bombeiro está sujeito a na sua hora de lazer, descanso, folga, dedicar-se a outra atividade procurando complementar a renda, objetivando um maior conforto para sua família, sua família, por que ele muitas vezes está de serviço no quartel ou no extra, então não disfruta dos suor do seu trabalho. Esse problema estrutural que vem de muitos anos, quando não pensávamos nem em sermor militares, creio que só será resolvido a partir da instituição de um plano de carreira e salários dignos e condizentes com a exposição e os perigos de nossas profissões. Isso é fato. Mas também quero externar meu pesar com as instituições que se dizem nossa voz, pois muitos integrantes delas, na primeira oportunidade de promoção pessoal ou por interesses políticos ou individuais, agem com finalidade distante da que se propõem. Cabe a cada um de nós lutar por nossos direitos e não apenas deixar que as associações travem essa luta.

    Hoje, muitos soldados entram na ploícia e no bombeiro formados ou se formando, quando são alunos das licenciaturas fazem seus bicos dando aula, mas a grande maioria ainda se arrisca a serviços de segurança armados, e nós sabemos dos riscos que envolvem esse tipo de serviço.
    Essa discussão deve ser constante e initerrupta, parabéns pelo seus comentário e por sua iniciativa, quando eu tiver tempo, farei do blog meu bico!!!”

    Sd PM Júlio César disse:
    setembro 6, 2011 às 9:14

    Tenho certeza que a resposta de todos que fazem “bico” como eu, seja a mesma! COMPLEMENTAÇÃO SALARIAL. Não tem como sobreviver dignamente um PM casado, pai de 3 filhos com 1 portador de necessidade especial com o salário que recebo da PM. Faço “bico” não por prazer, mais por necessidade.

    Talvez alguns questione: “Se acha o salário da PM pouco, porque foi ser PM?”… Ante mão já responderei: NASCI PRA SER PM! FAÇO MEU TRABALHO COM AMOR.

    astolfo disse:
    setembro 5, 2011 às 22:57

    Os bicos estao pagando mais que a propria PM, porisso faço bico e se perguntar qual prefiro , eu digo o bico que me da plano de saude e paga melhor, e a estabilidade , no bico em pouco tempo faço o tempo de serviço policial, porisso procurem um bico de valor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s