LEI DE PROMOÇÕES: Soldado Glaucia parabeniza PM’s promovidos

Postado em

LEI DE PROMOÇÃO: Comando publica promoções de dezembro e associações continuam na luta pela efetivação da LPP

Postado em

Por Glaucia Paiva

DSC_0213Após assinar os atos de promoções de 1.039 praças da PMRN durante a Assembleia Geral da categoria militar estadual, nesta segunda-feira (25), o Comando Geral da Polícia Militar do RN publicou em Boletim Geral da corporação as promoções de 830 Soldados, 53 Cabos e 156 Sargentos às graduações imediatamente superiores.

A assinatura das promoções durante a Assembleia Geral da categoria pelo Comandante Geral, Coronel PM Dancleiton, foi aplaudido pelos presentes e rendeu elogios ao Comandante. “Ele mostrou ser um comandante que há tanto esperávamos”, disse um policial. “Pela primeira vez um Comandante Geral participa de uma assembleia de praças e isso deve ser elogiado”, disse outro PM.

As promoções estavam atrasadas há um mês e são relativas à data de 25 de dezembro de 2015, tendo sido frutos de um acordo firmado entre o Governo do Estado e as associações representativas de praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do RN ainda no mês de agosto de 2015.

Apesar das promoções, entretanto, as associações representativas de praças reiteraram que, além das promoções previstas no acordo entre Governo e associações, ainda há outras demandas. Para isso, os presidentes das associações de praças se reuniram com o Comandante Geral da PM ainda na tarde desta segunda para entregar a pauta de uma série de demandas da categoria.

Entre as demandas estão (I) o cumprimento integral do calendário de promoções, conforme cronograma pactuado com o Governod o Estado, bem como as promoções que a estas sucederem conforme previsto na Lei de Promoção de Praças; (II) pagamento dos níveis remuneratórios, atrasados há mais de três anos; (III) pagamento dos promovidos em 2012, 2013 e 2014; (IV) pagamento do retroativo dos promovidos em agosto de 2015 e dos relativos às promoções de dezembro de 2015; (V) pagamento das diárias operacionais durante a Copa do Mundo de 2014; (VI) atualização da Lei de Diárias Operacionais; (VII) retirada dos PM’s em desvio de função das unidades prisionais; (VIII) reforma nos postos de polícia, quartéis, postos comunitários, bem como os postos de guarda vidas do CBM; (IX) destinação orçamentária e planejamento de execução de manutenção de viaturas operacionais da PM e CBM, principalmente no interior do Estado; (X) envio da nova Lei de Organização Básica da PM, Código de Ética e do Estatuto dos Policiais e Bombeiros Militares, com instituição de carreira única, ainda no primeiro semestre.

LEI DE PROMOÇÃO: Comandante Geral comparece à Assembleia Geral e assina promoções na frente de policiais

Postado em

Por Glaucia Paiva

DSC_0200Com uma mobilização programada para ocorrer na manhã desta segunda-feira (25), os policiais e bombeiros militares do RN se reuniram em Assembleia Geral Unificada para deliberar sobre reivindicações da categoria, entre elas as promoções do mês de dezembro de 2015.

Ainda na noite deste domingo, o Governador do Estado, Robinson Faria, anunciou em suas redes sociais o cumprimento das promoções de praças previstas para ocorrer no dia 25 de dezembro de 2015. De acordo com o Governador, as promoções sairiam até a próxima sexta-feira (29).

Contudo, durante a Assembleia Geral dos militares, nesta segunda, o Comandante Geral da PMRN, Coronel PM Dancleiton, compareceu com os atos de promoções para serem assinados junto aos policiais.

“Eu trouxe as promoções para assinar aqui”, disse o Comandante Geral aos militares presentes. “Eu não podia começar esta segunda-feira sem promover os policiais”, completou.

Após conversar por 30 minutos com cerca de 500 policiais presentes na Assembleia Geral, o Comandante efetuou a assinatura dos atos de promoções de 1.039 policiais militares que devem ser publicadas no Boletim Geral desta segunda (25).

Ainda durante à Assembleia Geral, o Comandante anunciou o pagamento das diárias operacionais do mês de dezembro de 2015 e o aumento do valor dos vales-alimentação e sua ampliação aos militares do interior do Estado.

De acordo com o Comandante, os vales-alimentação serão fornecidos aos militares de Mossoró, Caicó e Nova Cruz. “Já autorizei a DAL que aumente o valor do vale-alimentação para R$ 12”, comunicou.

Confira na íntegra o discurso do Comandante Geral durante a Assembleia Geral Unificada

Mais de 100 PM’s se deslocarão do interior para participarem de mobilização em Natal

Postado em

Por Glaucia Paiva, via Portal BO

Nesta segunda-feira (25), os policiais e bombeiros militares do RN se reunirão mais uma vez em Assembleia Geral Unificada na sede da Associação de Subtenentes e Sargentos (ASSPMBM), em Natal.

A Assembleia Geral Unificada foi convocada após o Governo do Estado descumprir a Lei de Promoção de Praças e o acordo de efetivação de cerca de 4 mil promoções realizado entre as entidades representativas de praças militares e o Governo do RN.

Sem previsão de efetivar as promoções do mês de dezembro de 2015, que já conta com 30 dias de atraso, os policiais e bombeiros militares resolveram se reunir em Assembleia Geral e realizarem uma caminhada em direção à sede da Governadoria.

Para isso, militares de todo o Estado se sensibilizam para comparecer à primeira grande mobilização do ano de 2016. De Mossoró, sairão 50 policiais militares nas primeiras horas da manhã desta segunda para participarem da mobilização em Natal. Já da Região do Seridó e da Região Agreste serão mais 60 policiais que se organizam para comparecerem ao chamado da categoria.

Com isso, as associações representativas esperam uma grande mobilização, uma vez que mais de 3 mil praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar estão sendo prejudicados com o atraso das promoções.

“Estaremos nos reunindo em Assembleia Geral e partiremos em direção à Governadoria, quando decidiremos os rumos de nossa mobilização”, explicou o Sargento PM Eliabe Marques, presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos. De acordo com o sargento, ainda não foi descartada uma paralisação. “Quem irá decidir será a categoria”, disse.

A Assembleia Geral ocorre nesta segunda (25), a partir das 9 horas, no Clube Tiradentes, em Natal.

Comandante sobe em guaritas durante visita a estabelecimentos prisionais

Postado em Atualizado em

Por Glaucia Paiva

IMG000000000102955Neste sábado (23), o Comandante Geral da PMRN, Coronel PM Dancleiton, realizou uma visita às instalações utilizadas pelos policiais militares para promoverem a guarda externa das unidades prisionais do Estado.

Durante a visitação, o Comandante Geral chegou a subir nas guaritas e comprovar as péssimas estruturas disponibilizadas aos militares. “Nossos policiais são verdadeiros heróis”, definiu o Coronel Dancleiton, ao confirmar a precariedade das guaritas de Alcaçuz e do Raimundo Nonato.

Na oportunidade, o Comandante Geral conversou com os policiais e garantiu que solicitará a reforma imediata da estrutura que abriga os militares. Acompanhando o Comandante Geral durante a visita, o Major Alberto Gomes, Comandante da Companhia Independente de Policiamento de Guarda (CIPGD) relembrou que a guarda externa deverá ser gradativamente substituída por agentes penitenciários, uma vez que esta passou a ser atribuição dos mesmos.

PM’s do Curso de Nivelamento são remanejados para reforçar guarda em presídios

Na última sexta-feira (22), policiais militares do Curso de Nivelamento de Praças receberam a informação de que o curso seria suspenso até esta segunda-feira (25) e os militares seriam remanejados para reforçarem a guarda dos presídios, em Natal.

A notícia desagradou os militares, que ameaçam pedir desligamento em massa do Curso de Nivelamento caso a situação persista. “Nos apresentamos em Alcaçuz e, para a nossa surpresa, não tínhamos qualquer condição para assumir as guaritas. Sem rádio comunicador e treinamento adequado, fomos jogados em guaritas que dão choques”, disse um dos policiais.

“Somos todos bodes expiatórios”, diz associações de praças da PM e dos Bombeiros do RN

Postado em

Por Glaucia Paiva

Mais uma nota de repúdio sobre as declarações do Governador Robinson Faria nesta quinta-feira (21) foi emitida pelas categorias policial e bombeiro militar. Dessa vez, foram as associações representativas de praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do RN que repudiaram as declarações do Governador.

Na nota, as associações afirmam que “historicamente a segurança pública nunca foi, e ainda não é, levada a sério no Rio Grande do Norte”. Contrapondo as declarações do Governador que afirmou que a PM não se adequou à velocidade de combate à criminalidade por ele e pela população esperada, as associações representativas de praças afirmou que neste primeiro ano de Governo, “pouco se investiu em aparato, estrutura e valorização profissional dos militares estaduais”.

As associações de praças afirmam ainda que “a exoneração do Coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas é descabida e afronta todos os policiais e bombeiros militares, visto que, na tentativa de um interacionismo simbólico oportunista, sinaliza com a exoneração que os complexos problemas na segurança pública podem ser resolvidos de maneira simplificada nomeando seletivamente bodes expiatórios”.

Ao final da nota, as associações reiteram a convocação dos policiais e bombeiros militares a participarem da Assembleia Geral Unificada a ser realizada na próxima segunda-feira (25), às 9 horas, no Clube Tiradentes.

Confira a nota emitida pelas associações representativas de praças da PM e dos Bombeiros Militar

As Entidades representativas de Praças do Rio Grande do Norte acompanharam com indignação as declarações do Governador Robinson Faria durante a reunião de ontem, 21/01, com a “cúpula” da pasta de segurança pública do RN, assim vêm a público repudiá-las.

O Governador deixa transparecer o total despreparo em relação ao tema e numa tentativa desesperada em se eximir da culpa pela crise instalada na pasta, decide então responsabilizar à PMRN, instituição que a mais de 180 anos tem levado a segurança pública do estado nas costas, que com esforço sobre-humano tenta insistentemente garantir a ordem e a paz social a despeito da falta de aparato e da desvalorização profissional acumulada ao longo de sucessivos governos.

Considerando que historicamente a segurança pública nunca foi e ainda não é levada a sério no Rio Grande do Norte, as associações de praças vem a público esclarecer distorções propositais da fala do Sr. Governador, para que a sociedade potiguar possa construir juízo de valor sobre os motivos e motores da violência no RN. 

O Governador afirmou que “a PMRN não se adequou a velocidade da mudança que o governador e a população esperavam no combate à violência”, mas de fato pouco se investiu em aparato, estrutura e valorização profissional dos militares estaduais.

Em que pese policiais militares em desvio de função atuando como agentes penitenciários em guaritas em condições insalubres, falta de viaturas e de manutenção que obrigam ao policial não raras vezes custear a manutenção destas para garantir a continuidade do serviço, diárias operacionais atrasadas, alimentação imprópria ao consumo humano, efetivo reduzido e muito aquém do ideal, descumprimento do acordo firmado com a categoria no dia 19 de agosto de 2015, tudo isso nos leva a crer que ainda não figura entre as missões institucionais da PMRN, a de fazer milagres.

O Governador declarou que “promoveu 3.300 policiais militares” o que não procede, pois ficou pactuado pelo próprio governo a promoção de 3.893 militares estaduais, destes apenas 779 foram promovidos, restando ainda 3.114 promoções.

Por tudo isso, as associações militares do Rio Grande do Norte entendem que a exoneração do Coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas é descabida e afronta todos os policiais e bombeiros militares, visto que na tentativa de um interacionismo simbólico oportunista sinaliza com a exoneração que os complexos problemas na segurança pública podem ser resolvidos de maneira simplificada nomeando seletivamente bodes expiatórios.

 As associações ratificam o compromisso com a verdade e com a segurança da população potiguar e convocam a categoria para que no dia 25 de janeiro, às 9h, esteja em concentração em frente ao Clube Tiradentes, onde lá deverá sair em caminhada até a governadoria, para que em assembleia decida os rumos de nossa mobilização, com possibilidade de paralisação das atividades.  

Assinam esta nota os presidentes da ABM-RN, ASSPMBMRN, ACS/RN, ASSPRA, APRAM/RN, APBMS/RN

Em nota, Associação dos Oficiais repudia declarações do Governador

Postado em

Por Glaucia Paiva

A forma como foi anunciada pelo Governador Robinson Faria a saída do Coronel PM Ângelo do cargo de Comandante Geral da Polícia Militar causou revolta na categoria policial militar.

Em nota, a Associação dos Oficiais Militares Estaduais (ASSOFME) repudiou as declarações do Governador Robinson Faria ao anunciar a exoneração do então Comandante Geral. Para os oficiais, “a Polícia Militar do Rio Grande do Norte é a única instituição de segurança pública presente em todo o território estadual e nossas ações sempre foram e sempre serão adequadas à velocidade que a população espera ao combate a violência”.

Na nota, a ASSOFME relembra ao Governador que quase 100% da população carcerária foram presos pela Polícia Militar do RN, e, assim, continuam os militares estaduais no combate à violência diária, retirando de circulação criminosos e objetos utilizados para o cometimento de crimes.

A ASSOFME ainda questiona o Governador sobre a política de recomposição dos quadros da PM imposta pelo atual Governo e sobre as verbas de suprimentos de fundos das unidades, além da redução do orçamento da Polícia Militar para o ano de 2016.

Confira a íntegra da nota emitida pela Associação dos Oficiais

nota-assofme