Soldado Glaucia

"O verdadeiro desafio não é inserir uma idéia nova na mente militar, mas sim expelir a idéia antiga" (Lidell Hart)

Arquivos da Categoria: viatura

VIATURAS QUEBRADAS E AMONTOADAS NO RN

O cidadão sabe, ou ao menos sente na pele, a importância de uma viatura dentro da estrutura das polícias. Os policiais também. Mas é difícil, para ambos, explicar as 70 viaturas da Polícia Civil do RN estacionadas no pátio do Setor de Transporte, na rua Sachet, bairro da Ribeira, todas quebradas.

Segundo a polícia, maioria dos carros não vale a pena consertar. Devido à quantidade, boa parte desses carros repousa há anos em um terreno baldio em frente à oficina. Alguns estão, aos poucos, sendo encobertos pelo mato ou lixo doméstico. Estão, de fato, em meio às centenas de sacolas de lixo. São carros em sua maioria dos anos de 2003/2004. Uma parte deles poderia estar atendendo à população, hoje, bastando para isso a substituição de uma simples peça.

Os veículos são de delegacias especializadas, ou distritais localizadas na capital e interior do Estado. Alguns deles impressiona pelo aparente estado de conservação. Nos parabrisas de alguns há a descrição do problema — como freio quebrado, ou pane elétrica.

Uma viatura da delegacia Especializada em Homicídios (Dehom), um GM Meriva de placas MZB-5959, está ao relento, ladeado por sacolas de lixo. O problema? “pane elétrica”, diz a observação escrita no parabrisa. Essas viaturas, segundo apurou a reportagem foram substituídas por 80 carros alugados à empresa Locavel.

A antiga viatura da Polícia Civil, do município de Bodó, está há meses no terreno baldio na rua Sachet. Na delegacia há um carro, mas da Polícia Militar. A maioria dos veículos quebrados são GM Meriva.

A Polícia Civil tem cerca de 400 viaturas distribuídas em todo o Estado. Dessas, aproximadamente 100 são locadas. Procurado pela reportagem, o chefe do Setor de Oficina da Polícia Civil, Ranulfo Alves, limitou-se a dizer que 80% desses carros necessitam de reparos que acaba não compensando à polícia mandar repará-los. A oficina tem um custo de pouco mais de R$ 2 milhões por ano, com peças e mão-de-obra. Dinheiro que é pago o serviço terceirizado.

“Uma coisa que não se faz mais hoje em dia é retirar peça de um carro para consertar o outro. A vida útil média dessas viaturas é de dois anos. Tem carro aí que precisa de um serviço simples e uma peça, mas sem a liberação do orçamento não há o que fazer”, afirmou Ranulfo Alves.

Procurado para falar sobre o assunto, o chefe geral da Polícia Civil, delegado Ronaldo Gomes, disse através da assessoria de imprensa que a situação só poderá ser resolvida após a liberação do orçamento. Mas assegurou que nenhuma delegacia está sem viatura.

FONTE: Tribuna do Norte

NOTA DO BLOG: O problema de viaturas é antigo no Estado. Em todo o Brasil flagramos cenas de policiais empurrando viaturas por estas estarem sucateadas, mas, mesmo assim, sendo utilizadas no serviço. Exemplo disso é uma foto tirada da PMBA (http://twitpic.com/3u8j1r). O fato é que as viaturas policiais possui vida útil de, no máximo, dois anos, isso passando por manutenção adequada, o que não acontece na realidade. Além do problema das viaturas sucateadas, também há a da escolha do veículo que muitas vezes não são o adequado para a polícia. É preciso haver um planejamento maior por parte da cúpula da Segurança Pública em relação à estrutura das polícias no RN.

About these ads

VIATURAS POLICIAIS DO SERIDÓ ESTÃO SENDO RECOLHIDAS

O blog doCardoso Silva recebeu uma informação que causou surpresa na manhã do último dia 11. Segundo informações as viaturas policiais de algumas cidades do seridó estariam sendo recolhidas pela empresa que locou os carros ao Governo do Estado.

A informação é que a viatura da delegacia da cidade de Ipueira, na Região Seridó do Estado, foi levada até Natal para uma simples troca de óleo do motor. Entretanto, para a surpresa dos policiais a empresa Locavel reteu a viatura e disse que não poderia liberar mais o veículo por existir uma pendência com Estado: a falta de pagamento.

O policial, sem a viatura, teve que voltar de carona de Natal para o Seridó.

Uma vergonha mesmo!

FONTE: Blog do Cardoso Silva, sugerida por um leitor

ALUGUEL DE VIATURAS DA PMRN ESTÁ ATRASADO

A empresa pernambucana Locação de Veículos e Serviços Ltda (Locavel) não quis se pronunciar oficialmente, mas o coordenador da área jurídica da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Wellington Azevedo, admitiu que o pagamento pelo aluguel das 300 viaturas utilizadas pelo aparelho de segurança do Estado está atrasado há dois meses. O valor do contrato anual de locação dos veículos é de R$ 6.945.876,00, e os dois meses em atraso equivalem a R$ 1.157.646,00.

Por essa razão, admitiu Azevedo, a Locavel não está fazendo a substituição dos veículos que estão indo para a revisão mecânica nas concessionária de automóveis, quando alcançam o limite de quilometragem para esse fim.

Como não é sua área de atuação, o coordenador jurídico da Sesed disse que não tinha condições de quantificar quantos veículos estão nessa situação, mas informou que os recursos para o pagamento à Locavel é fruto de um convênio feito com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Azevedo explicou que os recursos já estavam disponíveis desde o ano passado, os processos de pagamentos foram aprovados pela Controladoria Geral do Estado (CGE), mas para os recursos chegarem à Sesed “tinham de passar pela Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan)”, onde aguarda-se a liberação do dinheiro.

A reportagem tentou ouvir a direção da Locavel em Recife (PE), mas o diretor comercial Nildo da Silva Machado mandou informar que só se pronunciaria a respeito, depois de conversar oficialmente com o novo secretário estadual de Defesa Social, Aldair da Rocha.

O primeiro contrato de locação das 300 viaturas usadas pelas Polícia Civil e Militar e outros órgãos do aparelho de segurança do Rio Grande do Norte foi aprovado em 19 de maio de 2009 pelo Conselho de Desenvolvimento do Estado (CDE), no valor de 6.584.400,00.

Já em 28 de maio do ano passado, o mesmo CDE aprovou o aditivo ao contrato original, renovando-o por mais um ano, no valor de R$ 6.945.876,00, dos quais R$ 2.894.115,00 deveriam vir de fontes de recursos do Orçamento Estadual para 2011.

O comandante do Policiamento Metropolitano, tenente coronel Alarico Azevedo Júnior, disse que essa questão do aluguel das viaturas é da alçada da Sesed, mas ele afirmou que não é de seu conhecimento que esse problema esteja prejudicando o trabalho da Policia na Grande Natal: “Não temos nenhum problema de falta de viaturas nas ruas”.

FONTE: Tribuna do Norte

NOTA DO BLOG: O blog já tinha conhecimento do recolhimento das viaturas pela Locavel. Os comandantes das OPM’s, por sua vez, não estão enviando as viaturas para revisão já que, como disse o próprio coordenador da Sesed, a Locavel não está substituindo os veículos. O interessante foi o Cel Alarico afirmar que o policiamento não está sendo prejudicado. Ora, se uma viatura é tirada das ruas e não é substituída, como fica o policiamento naquela área?!

GOVERNO DO RN ENTREGA MOTOS E ARMAMENTO À POLÍCIA

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed), entregou na manhã desta sexta-feira (26), 233 motocicletas e 300 armas, entre carabinas e espingardas, ao aparelho da segurança estadual. Os equipamentos serão empregados no policiamento ostensivo. O investimento nas motos ultrapassa os R$ 3,3 milhões.

O secretário da Segurança Pública, desembargador Cristóvam Praxedes, explicou que 214 motocicletas serão utilizadas pelas Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) e Polícia Rodoviária Estadual (CPRE). As demais serão destinadas a outros órgãos da Segurança Pública e Corpo de Bombeiros. “Estamos dotando a polícia de melhor estrutura para o policiamento ostensivo. Esse investimento soma-se a outros feitos com a aquisição e locação de dezenas de veículos e motos”, disse.

As motos, da marca Yamaha, são equipadas com intermitente, sirene, bagageiro e identificação específica para cada unidade policial, além de capacetes de última geração. Cada unidade totalmente equipada foi adquirida por R$ 14.300,00.

Na mesma solenidade, a Sesed entregará à Polícia Militar 100 carabinas calibre .40 e 200 espingardas calibre 12. A carabina CT 40, de calibre restrito as forças policiais, é uma arma longa de cadência semi-automática ideal para uso em operações, sendo utilizadas por forças policiais de todo País. As armas, segundo o comandante geral da Polícia Militar, coronel Francisco Canindé de Araújo, serão utilizadas pelas equipes de Operações Especiais, Batalhão de Choque e Rádio Patrulha.

FONTE: DN Online

NOTA DO BLOG: Após especulações de que as motos, disponíveis no Quartel do Comando Geral há mais de um mês, não teriam sido entregues devido a problemas com a emissão da documentação no DETRAN/RN por falta de pagamento de taxas relativas ao emplacamento; finalmente elas estarão sendo empregadas no policiamento ostensivo do Estado.

POLICIAIS MILITARES DE EXTREMOZ DENUNCIAM MÁS CONDIÇÕES DE VIATURA

Policiais militares do pelotão do Município de Extremoz nos enviou uma denúncia acerca das más condições que se encontra uma das viaturas daquela OPM.

Segundo um leitor, que preferiu não se identificar, os policiais militares estão prestando serviço em uma viatura com o pára-brisa trincado, o que pode ocasionar riscos aos componentes da viatura, já que a qualquer momento o pára-brisa pode se estilhaçar, devido ao seu péssimo estado, conforme se vê nas fotos abaixo.


Além do risco de danos aos componentes da VTR que ali prestam seus serviços operacionais, a trinca no pára-brisa é considerado “dano ao pára-brisa”, segundo a Resolução 216, de 14 de dezembro de 2006, do CONTRAN, prevendo o Código de Trânsito Brasileiro a multa e retenção do veículo até a reglarização.

Trafegar com o pára-brisa danificado, além de comprometer a segurança dos ocupantes do veículo e prejudicar a visibilidade do motorista, trata-se de infração gravíssima, prevendo cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação do condutor do veículo.

Matéria criada pela Sd Glaucia, com informações de um leitor

VIATURAS E FARDAS DE PM’s DO RJ TERÃO CÂMERAS PARA PREVER ATAQUES E IDENTIFICAR SUSPEITOS

A Polícia Militar vai ganhar aliada no combate à violência do Rio de Janeiro: a tecnologia. Patrulhas serão equipadas com modernas câmeras, capazes de prever ataques e identificar bandidos até no escuro. As imagens serão transmitidas a uma tela instalada no painel do carro e ao batalhão. Além dos carros, PMs terão, acopladas à farda, microcâmeras que enviarão imagens das operações em tempo real. O modelo de ‘patrulha high tech’ será implantado ano que vem.

Nas viaturas, serão três câmeras, nas partes dianteira, traseira e no interior do veículo. Um microfone captará o áudio. O orçamento estimado para equipar as 2 mil viaturas do estado gira em torno de R$ 75 milhões. O projeto, em estudo há um ano, foi testado pelo Bope, pelos batalhões do Méier e de Botafogo e em ações nos morros do Andaraí e Turano, na Grande Tijuca.

Além de um poderoso zoom, com capacidade de aproximação de pelo menos 500 metros, as câmeras terão infravermelho (para gravação noturna) e luzes especiais que focam o suspeito sem que ele perceba. Haverá ainda um dispositivo que permite a captação de imagens por trás do insulfilm de um carro.

Para o major Fábio Cajueiro, chefe do Centro de Comunicação e Informática da PM, a tecnologia reduz as chances de erro e aumenta a segurança dos policiais. As câmeras poderão ainda fiscalizar o comportamento dos PMs nas abordagens. Segundo o major, a previsão é de que o projeto comece pelo Bope e nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

“Com a câmera, o policial vai poder captar a imagem do suspeito e enviar à central para confirmar se é bandido. Reduziremos a chance de confundir objetos com armas e poderemos prever emboscadas e pedir reforços. Visitamos seis países da Europa, além de Israel, para pesquisar tecnologia. Todas as viaturas terão câmeras, porém as mais modernas ficarão apenas em algumas”, declara.

Pelos computadores de bordo no painel do carro — previstos para serem instalados no início de 2011 —, o policial poderá acessar o banco de dados da Secretaria de Segurança para obter para a identificação de suspeitos, pequenos vídeos, mapas e até um recurso de tradução simultânea para contato com estrangeiros. De acordo com o major, é provável que as imagens sejam transmitidas aos batalhões e a outras viaturas por meio do sinal de celular, pois não é possível instalar um link fixo ou cabo de fibra ótica nos carros. As dificuldades, porém, são o armazenamento de grande fluxo de dados e a ausência de um programa de buscas no banco de imagens que vai se formar.

Hoje, há dois micro-ônibus da PM que funcionam como Centro de Controle Móvel e operam com câmeras externas e três computadores de bordo. Apesar de não serem blindados, são usados pelo Bope durante operações de implantação das UPPs, por exemplo. “Queremos um software que sinalize anomalias dentro do carro, como um PM baleado e caído no banco ou alguém não fardado. Sinais seriam emitidos e acionariam o batalhão. Aproveitamos a lei para desenvolver o novo esquema de patrulha”, explica. Em dezembro, entrou em vigor lei do do deputado estadual Gilberto Palmares (PT), que exige câmeras nas viaturas. O projeto foi vetado pelo governador Sérgio Cabral, mas a Alerj derrubou o veto.

Atuação mesmo de folga e à paisana

Mesmo de folga e à paisana, policiais militares poderão atuar em ocorrências. Cada PM deverá ganhar um celular, equipado com GPS, para receber mensagens sobre operações ou crimes que estejam ocorrendo no bairro onde ele estiver. A previsão é de que, já no próximo ano, eles recebam os aparelhos.

Segundo o major Cajueiro, a intenção é que os PMs possam colaborar com informações e até mesmo se proteger de possíveis ataques. Os militares não serão obrigados a atuar na ocorrência, sobretudo, aqueles que não estiverem armados. “Os celulares só poderão se comunicar com o batalhão. Para o criminoso, complica, porque aumenta a chance de ele ser identificado”, disse.

FONTE: O Dia

POLICIAL PODE SOFRER PUNIÇÃO DISCIPLINAR POR DIRIGIR VIATURA SEM CURSO ESPECÍFICO

O “caso Rafael Mascarenhas” traz à tona mais uma questão para os policiais: o cabo que abordou o atropelador do filho da atriz Cissa Guimarães não possuía autorização para dirigir veículos da Corporação. O caso foi veiculado no Jornal O Globo, o qual revelou que o policial poderá responder administrativamente. Isso por que o fato do policial não estar habilitado a dirigir veículos da corporação, além de ir contra o Código de Trânsito Brasileiro, configura transgressão disciplinar, podendo resultar de advertência até prisão.

A resolução 168/04 do Contran estabelece que os condutores de veículos de emergência terão que frequentar cursos especilizados. O curso para condutores de veículos de emergência é regulamentado pela resolução 285/08 do Contran, e é destinado a preparar o profissional para a atividade de conduzir os veículos de emergência, como os da polícia e as ambulâncias.

Ocorre que muitos policiais não possuem o referido curso, contrariando o que rege as leis. O próprio Regulamento Disciplinar da PMRN, em seu artigo 6º, afirma que “a disciplina policial-militar rege-se pela rigorosa observância e acatamento integral das leis, regulamentos, normas e disposições (…)” e define como transgressão disciplinar (art. 13) “qualquer violação (…) e qualquer omissão ou ação contrária aos preceitos estatuídos em leis, regulamentos, normas ou disposições (…)”, além de classificar como transgressão disciplinar “desrespeitar regras de trânsito, medidas gerais de ordem policial, judicial ou administrativa” (transgressão 79).

Não é fácil, porém, para um policial decidir se faz o certo, já que o certo estaria indo de encontro aos interesses de seus comandantes imediatos. Muitos continuam por contrariar a resolução do Contran, que estabelece o Curso para Condutores de Veículos de Emergência, como no caso do cabo da PMERJ. Não bastasse os processos judiciais que responde por ter aceitado propina do pai do atropelador do filho da atriz global, o cabo também deverá responder administrativamente por um ato, talvez conhecedor de seus comandantes e autorizados por eles, mas que será responsabilizado sozinho.

A decisão sobre determinadas atitudes por parte do policial não é uma tarefa fácil, mesmo sabendo que estaria cumprindo a lei, objetivo maior de sua profissão. Em um ambiente militarizado, como o nosso, muitas vezes o policial sofre perseguição por parte de seus superiores por simplesmente reivindicarem alguns direitos ou tentarem fazer cumprir o que diz a legislação e os regulamentos.

Matéria criada pela Sd Glaucia

POLÍCIA MILITAR USA VIATURAS "VITRINE" NO COMBATE À CRIMINALIDADE EM FLORIANÓPOLIS

Carros vazios servem para aumentar sensação de segurança

A Polícia Militar (PM) está colocando carros em pontos estratégicos de Florianópolis sem ninguém dentro para sugerir à população que a área está sendo patrulhada. A denúncia foi mostrada na noite deste domingo durante reportagem do Estúdio Santa Catarina, transmitido pela RBS TV. Um exemplo é um Logan que passa o dia parado na Praça XV de Novembro com o giroflex ligado.

O veículo aparece sendo estacionado às 8h45min. Em seguida, o policial que estava na direção vai para o posto da Alfândega, também no Centro da Capital. Ninguém permanece no carro, que é removido no final do dia para o 4º Batalhão da PM. O Logan passa tanto tempo parado com a sinalização ligada que é difícil pegar. O motorista precisa insistir quase 10 minutos até o motor funcionar.

Outro casos

A mesma situação ocorre com um veículo parado na cabeceira continental da Ponte Colombo Salles, que liga a Ilha ao Continente. O policial que trabalha no local diz que todo carro parado e com o giroflex ligado está vazio.

Isto fica claro no Logan estacionado na frente da 21º Batalhão da PM, no Norte da Capital. O único homem que está de serviço explica que o carro serve somente para chamar a atenção. Se algum crime ocorrer ele não pode sair porque o local ficaria abandonado. Por este motivo, são chamados policiais de outros bairros.

Viatura de vitrine

A prática é tão comum que consta na escala de serviço da corporação e recebe o nome de “viatura de vitrine”. O chefe da Comunicação Social da PM, tenente-coronel João Amorim, disse que deixar um carro vazio com o giroflex ligado em pontos chaves de Florianópolis faz parte da estratégia.

Justifica que aumenta a sensação de segurança da população. Ele argumenta que o policiamento não é feito somente com homens, mas também equipamentos.

A Associação de Praças de Santa Catarina considera que o patrulhamento só é eficaz quando tem policias militares nos carros. O presidente da instituição, João da Costa, reclama da quantidade de efetivo desviada para outras funções.

Nas ruas de Florianópolis, 500 homens se revezam nos turnos de serviço. Somente para cuidar dos prédio públicos, há 300. Muitos fazendo serviço de recepção e cuidando de estacionamentos.

FONTE: Diário Catarinense, via Blog do Adeilton

NOTA DO BLOG: Seria cômico, se não fosse trágico. Ou melhor, é cômico do mesmo jeito. O interesante de tudo isso é a justificativa dada pela própria Polícia Militar de Santa Catarina, alegando que “o policiamento não é feito somente com homens, mas também com equipamentos”. De fato isso é verdade, mas os equipamentos só funcionam quando operados por seres humanos! Já pensou se essa moda pega?! Como fica o cidadão que procura essa viatura estacionada para atender uma ocorrência?! Já tinha ouvido casos de polícias colocarem bonecos nas ruas vestidos com fardas policiais para aumentar a sensação de segurança nas cidades, mas achava se tratar de lenda urbana. Ao menos essa eu vou poder confirmar que realmente aconteceu! Quando pensamos que já vimos de tudo, percebemos que ainda faltam absurdos para acontecer…

VIATURA DA PMRN COLIDE CONTRA RESIDÊNCIA DURANTE PERSEGUIÇÃO A ASSALTANTES NA ZONA NORTE

Dois acusados de assalto, Francisco Damião Virgínio de Oliveira, 25, e Reginaldo Paulino Veloso, 29, foram presos na manhã desta quarta-feira (11), após uma perseguição policial que terminou com dois acidentes, no conjunto Vale Dourado, zona Norte de Natal. Os suspeitos, que estavam a bordo de uma moto roubada, acabaram caindo do veículo, enquanto a viatura da polícia, para não atropelá-los, acabou invadindo uma casa.

O fato se deu por volta das 6h30 de hoje, após a polícia receber a denúncia de que um contador teve sua moto Honda Broz cinza tomada de assalto por dois homens armados de revólver, na rua Capricórnio, Vale Dourado. Durante as diligências, os policiais localizaram a dupla suspeita e deram início a uma perseguição. Houve troca de tiros entre eles, mas no cruzamento da rua Osvaldo Cruz com a Av. Maranguape, os motoqueiros derraparam na pista e acabaram caindo da moto.

A viatura da polícia, para não atropelar os bandidos, fez um desvio, mas perdeu o controle e acabou colidindo contra o muro de uma casa. Metade do carro invadiu a residência, causando a queda de paredes e quebra de alguns eletrodomésticos. Dois dos policiais ficaram levemente feridos e foram levados, junto à dupla presa, ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho.

A moto roubada foi recuperada e um revólver calibre 38 que estava em posse dos acusados foi apreendido. A dupla, após liberada da unidade hospitalar, será conduzida à delegacia para ser autuada em flagrante por assalto e porte ilegal de arma, e permanecerá detida à disposição da Justiça.

FONTE: DNonline

PM’s FAZIAM PARTE DE QUADRILHA QUE ROUBOU VIATURA PARA ASSALTAR BANCO

A polícia prendeu parte de uma quadrilha que assaltou uma agência bancária em Ibirarema, a 381 km de São Paulo, nesta sexta-feira. O bando invadiu a delegacia da cidade, rendeu todos os policiais no local, roubou uma viatura e um dos bandidosainda vestiu a farda de um PM. Pelo menos dez pessoas participaram da ação. Na madrugada deste sábado, foram presos sete bandidos, depois de uma perseguição na Rodovia Raposo Tavares, na altura da cidade de Palmital. A polícia descobriu que pelo menos dois policiais militares faziam parte do bando.

http://video.globo.com/Portal/videos/cda/player/player.swf

- Nós descobrimos que um dos policiais militares é de Palmital e deu cobertura para os bandidos fugirem. Ele dirigiu o carro em que os assaltantes fugiram – disse o delegado Luiz Fernando Quintero, delegado seccional de Assis.

Entre os detidos está um menor de 17 anos. A polícia procura o restante do bando.

Depois de invadir a delegacia, algemar e trancar os policiais no banheiro, metade do bando seguiu para uma agência bancária que fica no centro da cidade. Como estavam com o carro da polícia, eles estacionaram em frente do banco, sem levantar suspeitas. Fortemente armados, os assaltantes renderam os funcionários e clientes e trancaram todos numa sala. Eles levaram todo o dinheiro do cofre.

Os bandidos colocaram os sacos com dinheiro no porta malas do carro e saíram apontando as armas para os pedestres. Com medo, ninguém saiu de dentro do banco. A outra metade dos bandidos estava em outro veículo, que havia sido roubado em Tarumã. Para despistar a polícia, eles abandonaram este automóvel e pegaram outro. A parte da quadrilha que roubou a viatura, voltou à delegacia para devolvê-la.

O banco não tinha câmeras nem porta giratória. Mas os bandidos foram flagrados pelas câmeras da delegacia.

Com o criminosos presos nesta madrugada, foram encontrados R$ 200 mil roubados do banco, além de uma espingarda, munição e celulares. Trinta policiais participaram da captura.

FONTE: O Globo
VÍDEO: G1

NOTA DO BLOG: Não é a primeira ação que bandidos rendem policiais para realizar assalto a banco. Isso acontece mais em cidades distantes das capitais, devido ao número reduzido de policiais nas pequenas cidades. Quanto ao envolvimento de policiais militares nessas ações, são uma vergonha para as Corporações Policiais. Cada vez mais vê-se matérias mostrando o envolvimento de policiais no crime, o que denigre a nossa imagem junto à sociedade, pois todos relacionam as ações desses policiais para toda a tropa. Infelizmente, isso está longe de ser mudado, muitas vezes pela falta de empenho das autoridades políticas em melhorar um serviço tão essencial à população: a segurança.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.771 outros seguidores